• Andre Perim

Weird media


What is Weird Media, and in which ways can media be “weirded”? When looking at the definition of the word, one source is that of the Old German wyrd, which translates to “fate” and referred to the three mythological sisters of Fate. However, the Fates were considered eerie, uncanny, or unearthly, and this meaning is embedded in today’s definition. Furthermore, when one “weirds” art, the participant may experience an odd, unusual, and sometimes uneasy sensation. How can art “weird” the digital?


For this year’s iDMAa exhibition, the theme is that of “weird” media – does your work possess a strange, uncanny, or unearthly quality? Does your art “weird” people out? Does your work go so far that you feel it challenges the fates themselves, or to the point of the sublime?

O que é Weird Media e de que forma a mídia pode ser “estranhada”? Ao olhar para a definição da palavra, uma fonte é a do alemão antigo wyrd, que se traduz em “destino” e se refere às três irmãs mitológicas do destino. No entanto, eram consideradas estranhas, misteriosas ou sobrenaturais, e esse significado está embutido na definição de hoje. Além disso, quando uma arte “estranha”, o participante pode experimentar uma sensação estranha, incomum e às vezes desconfortável. Como a arte pode “estranhar” o digital?

Para a exposição iDMAa deste ano, o tema é a mídia “estranha” – seu trabalho possui uma qualidade estranha, misteriosa ou sobrenatural? Sua arte “estranha” as pessoas? Seu trabalho vai tão longe que você sente que ele desafia os próprios destinos, ou ao ponto do sublime?

ELECTRONIC POSSESSION is a Sound Art work based in an imaginary Sci-Fiction movie where machines are possessed by an some kind of supernatural entity. The work was made using several tools and techniques such as MAX/MSP programming, Midi sonification and Pink Trombone human voice synthesizer misuse. The work deals with glitch art, humour and grotesqueness.


ELECTRONIC POSSESSION é uma obra de arte sonora baseada em um filme imaginário de ficção científica onde máquinas são possuídas por algum tipo de entidade sobrenatural. O trabalho foi feito utilizando diversas ferramentas e técnicas como programação MAX/MSP, sonificação Midi e uso indevido do sintetizador de voz humana Pink Trombone. A obra lida com glitch art, humor e grotesco.


https://educate.winona.edu/idmaa/2022-weird-media/


11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo